Voltar

05
Jan

Pecuaristas fazem churrasco na porta do Bradesco em protesto

Reação contra publicidade que incentiva o fim do consumo de carne às segundas ocorreu em várias cidades do País; na Capital, 4 mil espetinhos foram doados em frente ao banco
Pecuaristas fazem churrasco na porta do Bradesco em protesto

Quem passou na segunda-feira nas proximidades da agência do Bradesco na Praça Tamandaré, em Goiânia, se deparou com um protesto inusitado, que distribuiu cerca de 4 mil espetinhos de carne bovina para a população. A ação de pecuaristas goianos fez parte de uma manifestação nacional, realizada nas portas de agências do banco em várias cidades do País, contra uma peça publicitária divulgada nas redes sociais da instituição incentivando o fim do consumo de carne às segundas-feiras. 

A organização do protesto na capital, que durou o dia todo, estima que mais de 100 produtores tenham participado do evento direta ou indiretamente, com a doação de cerca de 500 quilos de carne. A campanha do Bradesco que provocou a indignação do setor foi feita com três grandes influenciadoras digitais e transmitia a mensagem ambientalista de que a criação de gado contribui para a emissão dos gases de efeito estufa e sugeriu a redução do consumo de carne e a escolha de um prato vegetariano às segundas-feiras.

O sprodutores, então, organizaram os protestos, que foram chamados de 'Segunda com carne' para se contraporem à companha do banco, intitulada de 'Segunda sem carne'. Para a pecuarista Janaína Flor, coordenadora do Núcleo Feminino de Pecuária Goiana e uma das organizadoras, a campanha pregou que a pecuária brasileira presta um desserviço ao mundo ao contribuir para emissão de gases do efeito estufa. 

"Isso mostra total falta de conhecimento técnico e científico sobre o sistema de produção atual, que é altamente tecnificado e ambientalmente correto, contribuindo também para a preservação de reservas legais e matas ciliares", destaca. Para ela, o banco deveria ter tido o cuidado de não ofender a imagem do setor. "Não somos contra escolhas pessoais, mas estas precisam ser embasadas em evidências técnicas e científicas, e não apenas em modismos."

Para o diretor financeiro da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Renato Esperidião Júnior, a campanha foi um posicionamento contra o agronegócio, que é cliente do banco e que ajuda a alavancar a economia do País. "Sempre tivemos uma boa parceria com o banco e acho que foi uma campanha infeliz. Esta agência em Goiânia é uma das maiores do agronegócio no País", destaca.

O Bradesco retirou a peça de suas redes sociais e publicou anúncios de página inteira em jornais de circulação nacional com o título 'Carta aberta ao agronegócio', onde garantiu que "tal posição não representa a visão da casa em relação ao consumo de carne bovina".

Fonte: O Popular

Imagem: Wesley Costa/ O Popular

PARCEIROS DA AGN

BAYER
ABCZ
CANAL RURAL
NELORE BRASIL
NELORE BRASIL
CANAL RURAL
SGPA

INSTAGRAM

AGN - Associação Goiana do Nelore
Rua 250 S/Nº Parque de Exposição Pedro Ludovico Teixeira
Vila Nova - Goiânia - GO (74653-200)
Telefone (62) 3203-1314