Voltar

13
Jan

Nos últimos 10 anos, somente a carne bovina registrou valorização

Nos últimos 10 anos, somente a carne bovina registrou valorização

Os dados anualizados da FAO apontam que o preço médio obtido pela carne bovina em 2021 correspondeu a uma valorização de, aproximadamente, 35,5% sobre o valor médio registrado 10 anos antes, em 2011.Mas foi só, porque as carnes de suína e de frango permaneceram, nesse período, com forte desvalorização.

Notar que, nesse espaço de tempo, em apenas uma ocasião (2013) a carne de frango alcançou preço superior ao de 2011 e, ainda assim, por margem mínima (+1,6%). Já a carne suína superou a marca inicial em duas ocasiões, 2013 e 2014, mas com ganhos também pouco significativos (+1% e +4%).

Em 2021, o preço alcançado pela carne de frango foi de 87,2 pontos (2011 = 100 pontos) e o da carne suína de 84 pontos. Ou seja: com reduções de, respectivamente, 12,82% e 15,97% sobre o preço-base.

Vale observar que, dentro dos mesmos parâmetros comparativos, o preço médio da carne de frango in natura exportada pelo Brasil apresentou (dados da SECEX/ME) redução em torno de 17%, enquanto o produto norte-americano (dados da FAO) valorizou-se 1%.

Fonte: Avisite

Imagem: Reprodução/Avisite

PARCEIROS DA AGN

CANAL RURAL
NELORE BRASIL
ABCZ
BAYER
SGPA
CANAL RURAL
NELORE BRASIL

INSTAGRAM

AGN - Associação Goiana do Nelore
Rua 250 S/Nº Parque de Exposição Pedro Ludovico Teixeira
Vila Nova - Goiânia - GO (74653-200)
Telefone (62) 3203-1314